Imagem Destacada_Lingua_Chicote_Rabo

Esta expressão faz lembrar “quem tem telhado de vidro, não joga pedra no vizinho” ou “olha seu rabo jacaré”. Antigamente se chamava os fofoqueiros de Dona Candinha, mulher que passava o dia inteiro nas janelas tomando conta das filhas dos vizinhos, esquecendo que também tinha a sua. Na maioria das vezes elas apareciam buchudas e as mães as escondiam, evitando falatório. Não deixavam as outras em paz, por isso tem esta conotação.

 

*Retirado, na íntegra, do livro “Falando do Passado no Presente” – Compêndio de Ditos  Populares – 2009

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *